terça-feira, 23 de abril de 2013

E ainda assim, eles vivem



Toda vez que eu vejo uma cadela com filhotinhos, ainda mais aquelas que dão à luz a vários de uma vez, eu penso, num misto de preocupação e calma "por mais dura a realidade dessa cã, a natureza provê a seus filhotes tudo que eles precisam: leite e calor". Ela não tem nada, ela não se forma, não se especializa, não aprende uma língua, não tem domínio de nenhum pacote de ferramentas virtuais e mesmo assim, ela tem tudo que precisa. Na simplicidade da existência, ela tem pra dar o que precisa dar.
A vida de muitos desses animais está longe de ser boa ou farta.
Mas a cadela cumpre seu papel e lambe suas crias e cuida delas, como se tivesse nascido para tudo aquilo...
E seus filhotes parecem sempre, sempre, crianças felizes.
Em toda a simplicidade.

Nenhum comentário: