segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Só por hoje


Um comentário:

sobrefatalismos disse...

Viver o hoje, sem necessitar sofrer por antecipação. Porque, mesmo que não estejamos certos, existe a esperança de que o manhã virá.
Abraços.