sábado, 6 de novembro de 2010

Já é... será?

E aproveitando que chove...
Essa música resume muito, muito:

Já é
(Lulu Santos - Composição: Lulu Santos)
Sei lá...
Tem dias que a gente olha pra si
E se pergunta se é mesmo isso aí
Que a gente achou que ia ser
Quando a gente crescer
E nossa história de repente ficou
Alguma coisa que alguém inventou
A gente não se reconhece ali
No oposto de um déjà vu
Sei lá...
Tem tanta coisa que a gente não diz
E se pergunta se anda feliz
Com o rumo que a vida tomou
No trabalho e no amor
Se a gente é dono do próprio nariz
Ou o espelho é que se transformou
A gente não se reconhece ali
No oposto de um vis a vis
Por isso eu quero mais
Não dá pra ser depois
Do que ficou pra trás
Na hora que já é!


3 comentários:

Halem Souza disse...

Outro dia, atravessando a rua pra chegar no trabalho (não era uma encruzilhada), ouvia no "radinho" justamente esta música e pensei neste trecho:
"E se pergunta se é mesmo isso aí
Que a gente achou que ia ser
Quando a gente crescer


Tive vontade de mandar o meu emprego idiota às favas (mas aí me lembrei das dívidas, do desemprego brasileiro, etc...). Engoli o sapo e pus o pé mais uma vez no cadafalso.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
enquanto dá disse...

É, Halem, acho que todos estamos naquela idade em que somos fatidicamente confrontados com o que queríamos e o que conseguimos... Cá comigo, para alguns pontos eu me felicito, mas pra outros, cara, parece que não cheguei nem no início de tudo que eu imaginava que podia ser... Grande abraço!