terça-feira, 25 de maio de 2010

Hoje é terça-feira

Samantha Clark - Sala de nuvensSamantha Clark - Sala de nuvens

e aqui está nublado. Dias nublados me são sempre nostálgicos, nos sentidos back e forward (como em Lost). E justamente conversando sobre Lost, pensei que um dos aspectos que nos caracteriza é que na vida não há teste. Não há como tentarmos, voltarmos onde estávamos quando da proposição do teste e recomeçarmos. Isso parece simples mas tomar conhecimento disso tem como consequência perceber uma outra coisa , também simles, mas complexa: as pessoas não são coisas, não são como mobilia. As linhas de cada um são também contínuas (tendendo ao infinito). Mesmo que você insista em realocá-las a seu prazer, a posição em que elas se encontram verdadeiramente vai ser sempre desconhecida para nós. E na maior parte das vezes, a vida delas está acontecendo ao nosso revés.

Da mesma forma, o modo que escolhemos para trazer a nós o outro muito dificilmente será adequada ao que ele realmente acha adequado pra si, ao que ele realmente é. O outro também não é nosso bicho de pelúcia.

Blog do dia: Ainda estou bêbada: Poesia.

Nenhum comentário: