domingo, 2 de maio de 2010

As águas de março, fechando.

Territorioland-03 (Xilogravura de Laerte Ramos)

Quem já fez terapia já ouviu muito essa:depois da fala, resta o inconsciente resolver. E hoje eu tive um sonho muito lindo (de novo, lindo porque tem a ver com processo e não com a beleza, mesmo, diagmos assim).

Então eis que estáva com alguns colegas, num determinado lugar, onde parece, havia um evento. E enquanto não distribuiam senhas pra entrada, eu fui buscar água. Quando voltei, percebi que eles pegaram senhas pra si, mas não pra mim. Então saí. O caminho pra saída era penoso, um morro alto, e pra piorar com uma tempestade anunciando sua chegada em breve. Eu e um único amigo fazíamos esse caminho. E aí um enorme caminho, desnivelado, antigo leito de rio nos separava do nosso destino. Caminho seco, mesmo sendo uma cratera gigante, era passagem. Mas eis que a chuva já havia chegado lá atrás e logo vimos um grande jorro de água (jesus, imagino como será passar isso ao vivo, confesso que doeu ainda mais forte o coração pelas tantas pessoas que realmente têm tido essa experiência no Brasil e no mundo).

Mas - a beleza do sonho - o leito era tão grande que mesmo sendo grande o volume de água, as pessoas, que eram centenas, arregaçavam calças e saias e atravessavam. Eu disse à minha amiga: "Vamos descalças, pra não molhar os sapatos". E atravessamos. E lembro de pisar no barro, a terra cedendo, lembro de passar debaixo da ponte e sair lá em cima, no asfalto. E minha amuga: "E agora? Não sei onde estamos". E eu: "Tudo bem,olhe lá, os ônibus são vermelhos. Ônibus vermelhos, quaisquer, levam ao centro. E do centro sabemos chegar em casa."

2 comentários:

Clarice disse...

mais bonito ainda pq já me disseram que nos sonhos, a água simboliza afeto, amor. e vocês não tiveram medo de entrar. :)

Russa Malvada disse...

puuuutzzz... q foda...

lindo, lindo, lindo! travessia é só pra merecedores. lindo...