segunda-feira, 29 de junho de 2009

Papo de doido

Tudo na vida pode ser digamos, um vício. E como tal, deve ser tratado de forma diferente, porque um vício não é só um hábito. Porque um hábito pode ser mudado. Pensando melhor, então, talvez se passarmos o vício à categoria de hábito somente, estaremos concretizando o primeiro passo para uma vida sem o vício. Tudo bem, isso até agora é um procedimento teórico. Mas pensemos que hoje é o primeiro dia do hábito (ex-vício):
Hoje não vou comer chocolate.

Nenhum comentário: